Cooperações

Nossa abrangente e diversificada rede de contatos no Brasil é motivo de grande orgulho para a Universidade de Münster. Atualmente, a WWU mantém um total de 14 acordos de cooperação com universidades e dois contratos de parceria com agências de fomento, uma nacional (CAPES) e a outra regional (FAPESP), esta última constitui, de longe, a maior agência regional de fomento no país. As parcerias mais antigas são aquelas com a UFRJ e com a UFSC – ambas continuam muito ativas e são continuamente estimuladas. Diferentemente de outras universidades alemães e europeias, a WWU Münster trabalha não somente com universidades do sul e sudeste brasileiro, mas mantém, além disso, parcerias robustas com o nordeste do país. Embora o sul e sudeste sejam as regiões brasileiras mais populosas, ricas e, ao mesmo tempo, também as mais fortes em produções científicas do Brasil, ainda assim, há na região nordeste, da mesma forma, ótimas universidades com grande potencial de cooperação com WWU.

CAPES

O principal objetivo da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é expandir e consolidar a pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todos os estados brasileiros. A CAPES está ligada ao Ministério da Educação. A Cátedra Brasil, estabecida na WWU em 2010 e financiada pela CAPES, tem sido considerada um carro-chefe da cooperação entre a WWU e o Brasil.

Fapesp

A FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) é a maior agência regional de fomento à pesquisa no Brasil, com a qual a WWU mantém um acordo de cooperação desde 2014. A FAPESP se orienta pela ciência, concede bolsas e financia projetos de pesquisa em todos as áreas do conhecimento.

Universidades

Universidades no Brasil, com as quais a WWU mantém laços estreitos por meio de acordos de cooperação.